A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo informou que a ponte de Leixões vai encerrar durante duas semanas, a partir de segunda-feira, para trabalhos de manutenção.

O PSD/Matosinhos considerou esta terça-feira que o “novo” encerramento da ponte móvel de Leixões durante duas semanas, a partir de segunda-feira, demonstra “total desrespeito” da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) para com a população.

“A APDL demonstra, uma vez mais, desrespeito pelos munícipes e prejudica gravemente o dia a dia e a mobilidade dos matosinhenses”, disse o presidente do PSD/Matosinhos, Bruno Pereira, em comunicado.

A ponte móvel de Leixões, em Matosinhos, no distrito do Porto, vai encerrar durante duas semanas, a partir de segunda-feira, para trabalhos de manutenção, anunciou a APDL, na segunda-feira.

Bruno Pereira, recordando que desde que a ponte foi inaugurada em 2007 já avariou sete vezes, lamentou o “silêncio comprometido, cúmplice e submisso” da Câmara Municipal de Matosinhos, liderada pela socialista Luísa salgueiro.

“De um presidente de câmara exige-se que defenda, intransigentemente, os interesses do concelho e o bem-estar dos cidadãos”, sublinhou.

A APDL age desta forma porque a Câmara Municipal assim o permite, vincou.

Na opinião do social-democrata, a APDL tem de resolver de “uma vez por todas” o problema da ponte e pagar os prejuízos que causa aos cidadãos e ao concelho.

Sublinhando que a ponte fecha no início da época balnear, Bruno Pereira espera que não se “repitam as histórias habituais” em que a APDL comunica o encerramento do trânsito por um período e, posteriormente, comunica que o prazo é maior para “martírio dos matosinhenses e munícipes de Leça da Palmeira”.

A ponte móvel, construída em 2007, será alvo de “trabalhos de manutenção preventiva”, segundo a APDL, pois “necessita de manutenção periódica tendo em conta as suas características e recorrente utilização”, justifica a empresa presidida por Nuno Araújo.

Durante o decorrer dos trabalhos, “como medida mitigadora, a APDL assegurará gratuitamente o transporte de transeuntes entre Matosinhos e Leça da Palmeira, sendo o trânsito automóvel direcionado para o viaduto da A28”.

Fonte: Observador

©2022 PSD Matosinhos

Política de Privacidade - Avisos Legais

Web Designer - Mario Rocha

CONTACTE-NOS

Envie um pedido de contacto, e será respondido logo que possivel. Obrigado

Sending

Log in with your credentials

Forgot your details?