Europeias: PSD/Matosinhos acusa câmara de estar ao serviço da campanha do PS

Matosinhos, Porto, 21 mai 2019 (Lusa) — O PSD/Matosinhos acusou hoje a câmara local, liderada pela socialista Luísa Salgueiro, de estar ao serviço da campanha do PS às eleições europeias, acusação refutada pela presidente.

“Mais uma vez, em Matosinhos, o PS usa a Câmara Municipal como se fosse um mero departamento do PS. Na semana passada, a administração da Matosinhos Sport, empresa municipal paga pelo dinheiro dos matosinhenses, contactou os presidentes de associações e clubes desportivos de Matosinhos para os convencer a participar num jantar de apoio à candidatura do PS ao Parlamento Europeu”, referiu o presidente da concelhia social-democrata, Bruno Pereira, em comunicado.

O líder do PSD local considerou que a administração da empresa municipal tem todo o direito de ser socialista, não tem é o direito de utilizar meios da Matosinhos Sport, e logo da Câmara Municipal, para garantir uma “boa casa” no jantar do PS.

Bruno Pereira sublinhou ainda que os administradores “tão pouco têm o direito” de usar essa sua condição para “pressionar” dirigentes associativos para encherem salas em comícios do PS.

“Quando, ainda por cima, alguns desses dirigentes associativos até são filiados entre outros partidos e são autarcas em Matosinhos, eleitos por outros partidos”, acrescentou.

O presidente do PSD afirmou ser “vergonhoso” se a presidente da autarquia, que também assume a liderança do Conselho de Administração da Matosinhos Sport, não determinar “imediatamente” a demissão da administração da empresa municipal.

“Se não forem de imediato demitidos, o PSD ver-se-á obrigado a apresentar queixa junto da Comissão Nacional de Eleições, para além de respetiva queixa-crime”, frisou.

“A doutora Luísa Salgueiro tem de deixar claro que não só não sabia destes comportamentos ilegais, como não pactua com eles. E a única forma da doutora Luísa Salgueiro se demarcar destas ilegalidades é mesmo demitir a administração da empresa municipal”, vincou.

Confrontada com estas acusação, Luísa Salgueiro disse que a alegação do PSD é completamente falsa.

“Nem eu nem nenhum dos administradores da Matosinhos Sport fizemos qualquer contacto em nome da empresa municipal, ou utilizando os meios desta, tendo em vista qualquer iniciativa política”, ressalvou em resposta escrita à Lusa.

Enquanto presidente da comissão política concelhia do PS, Luísa Salgueiro salientou que o PS/Matosinhos não recorre aos métodos utilizados pelo PSD no arraial minhoto do passado fim de semana, sem explicar quais.

As eleições para o Parlamento Europeu realizam-se no domingo.

– Fonte: O JOGO

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 PSD Matosinhos

Política de Privacidade - Avisos Legais

Web Designer - Mario Rocha

CONTACTE-NOS

Envie um pedido de contacto, e será respondido logo que possivel. Obrigado

Sending

Log in with your credentials

Forgot your details?